X

NOTÍCIAS

Publicada em 13/10/2019 às 00:00 | Atualizada em 13/10/2019 às 08:22

Paola Carosella fala sobre rigidez dos jurados em nova temporada do MasterChef e diz que rede social não irá modelar seu comportamento: Não é um termômetro honesto

Diretora do programa, Marisa Mestiço, também falou sobre voltar às terças-feiras e concorrência com o Mestre do Sabor

Guta Valente

AgNews

Paola Carosella está animada com a nova temporada do MasterChef Brasil, que dessa vez estreia com uma edição especial chamada A Revanche, trazendo apenas ex-participantes do reality show. Em entrevista ao ESTRELANDO, a chef argentina comemorou o novo formato, todo em duelos e com provas mais longas, afirmando que dá mais espaço para trazer a gastronomia para a televisão:

- O que verdadeiramente me impactou nessa temporada foi a importância da culinária dentro da competição. Teve outras temporadas, que por causa do formato, tinham outros temperos que iam além de gastronomia, que eram parte do formato e tudo bem, mas não tinha a atenção constante da gastronomia. Dessa vez,  todo programa tem uma prova longa, de 2 horas, 1 hora e 40 minutos, 24 horas...entre duas pessoas. Então é um duelo, um enfrentamento culinário. Eu não conseguiria, foi muito surpreendente.

Henrique Fogaça concordou com a colega de júri, afirmando que também não estaria apto para participar da competição caso estivesse do outro lado da bancada. Paola ainda completa a declaração do colega, dizendo que se considera uma ótima avaliadora, no entanto, não teria o mesmo desempenho para cozinhar com um cronômetro ao lado:

- Eu me considero uma excelente jurada, mas não faria essa competição. Os caras fazem uma prova onde tem que fazer um banquete do zero em duas horas, diz impressionada. 

Ela, que sempre está envolvida em polêmicas nas redes sociais por causa de seus comentários e opiniões sinceras sobre os mais diversos assuntos, incluindo o programa, afirmou também que jamais irá se basear no que o público tem a dizer a seu respeito através da internet:

- Eu não vou modelar meu comportamento pelo twitter, não é um termômetro honesto. São pessoas escondidas atrás de uma rede social, declarou. 

Paola e Fogaça ainda concordaram quando disseram que as três últimas provas da temporada foram as mais difíceis de serem avaliadas por eles e Erick Jacquin. Sem dar mais detalhes sobre o que está por vir, Carosella apenas garantiu que, mais uma vez, a final será polêmica e, ao que tudo indica, muita gente irá se surpreender com as escolhas feitas pelos chefs

As avaliações, no entanto, não foram fáceis. Conhecendo os participantes de edições passadas, os jurados tiveram que se atentar para dar o veredito apenas com base nos pratos provados:

- A gente passa oito, nova horas com eles durante quatro meses. A gente observa as pessoas, mas nada tem a ver com a avaliação do prato. Se tem um participante que a gente não aguenta por algum motivo e cozinhou bem pra caramba, o prato está dentro.  O coração não entra, só o paladar, o sabor. Quando tem que sair para olhar no olho dói, mas a escolha é feita pela gastronomia. Às vezes é muito duro.

Marisa Mestiço, diretora da atração, também falou sobre a nova edição, que volta às terça-feiras a partir do dia 15 e contará apenas com dez episódios. Pela primeira vez, aliás, o programa enfrentará uma concorrência grande na TV aberta, já que a Globo estreia pela primeira vez sua competição gastronômica, intitulada Mestre do Sabor e comandada por Claude Troisgros.

- Eu acho que, obviamente, falar sobre gastronomia é muito legal e fico muito feliz da TV Globo trazer esse assunto para um formato. Historicamente, não é nem MasterChef nem Mestre do Sabor, a gente fala de comida lá com Ofélia, Palmirinha, Ana Maria Braga, Cátia... falar de comida é sempre muito legal. Fico empolgada para ver o que eles estão fazendo porque acho que quando a gente rotula de concorrência eu acho desleal porque estamos falando em dias diferentes, formatos diferentes...mas gosto da ideia de ter inspirações. Conheço o elenco que eles optaram como jurados e elenco principal, sou admiradoras de todos que estão ali, tenho muito respeito. Um dos motivos do nosso programa dar certo é a gente olhar pro mercado da gastronomia e não só para quem faz televisão e eu espero que essa semana seja gloriosa e as pessoas entendam que os dois programas tem seu público, disse a diretora de TV. 

Sobre a possibilidade de qualquer inspiração do programa da concorrência no MasterChef, Marisa descarta qualquer mal-estar, afirmando que tudo se dá de uma forma saudável: 

- Meste do Sabor está estreando agora, um programa que talvez ainda deva ter ajustes no que eles se propõem por ser a  primeira temporada deles. A gente está indo para a décima primeira temporada, então acredito que se eles se inspiraram na gente, se isso aconteceu por qualquer motivo, eu fico muito feliz e lisonjeada porque eu sou profissional de televisão, eu gostaria de ter sempre essa ideia, de quando vou buscar um olhar sobre o que eu estou produzindo, eu vou assistir os melhores. Se eles fizerem qualquer coisa nessa semana de estreia que tenha esse cheiro, frescor que tem o MasterChef, vou me sentir muito feliz e tenho certeza que com a equipe que eles montaram vai ser muito legal. Quando a concorrência é boa, ela só te empolga para fazer melhor, então acho que é saudável. 

O polêmico horário de exibição do MasterChef também foi assunto e Marisa explicou que voltar às terça-feiras é como estar de volta em casa e que o domingo foi apenas uma experiência da emissora na temporada passada:

- Foi uma decisão da programação. Acho que domingo traz um público que não estava acostumado a ver o programa. A  proposta que eu fiz para domingo foi de trazer essa cara de família, com pessoas mais carismáticas, mas a volta para terça é uma decisão assertiva porque efetivamente o que a gente sabe é que houve um estudo que nosso público cativo gosta mais da gente na terça, então a gente nunca virou as costas para terça-feira. A sexta temporada foi para experimentar um mundo novo, estávamos no meio de programas ao vivo, acho que foi uma experiência incrível, mas nossa casa é na terça-feira, nosso público é terça-feira.  Voltar para terça-feira, na verdade, é voltar para casa.

Mas o público que ficou insatisfeito com a notícia de que a atração voltará a ser exibida em novo dia pode se preparar, pois o programa será para aqueles que não têm sono mesmo:

- O nosso público, mesmo que dorme e assiste na internet, vai ficar até um pouquinho bravo com a gente. A gente entrava às 22h30 e vai entrar às 22h45, ou seja vai ser um programa para quem dorme muito tarde, mas que vai querer assistir a temporada inteira, finaliza a diretora comparando a edição mais curta e cheia de duelos com uma maratona de seriado que te prende na tela até o fim. 

A seguir, veja quem são os participantes desta temporada:


O jovem curitibano Vitor, de 28 anos de idade, teve uma jornada marcante e cheia de emoção dentro da cozinha do MasterChef Brasil. Mostrou muita determinação ao cozinhar com o dedo cortado - e devidamente costurado às pressas - um nhoque de banana da terra com ragu de pato no tucupi, enquanto o relógio corria contra seus planos. Provou que tinha perseverança ao voltar na repescagem e alcançar a sétima colocação da quarta temporada da competição culinária mais difícil do mundo. Recebeu um convite para estagiar no restaurante da chef Paola, onde trabalhou por três meses e adquiriu muito conhecimento de como funciona uma cozinha profissional. Deixou a carreira de marketing de lado para se dedicar a gastronomia, fez diversos cursos entre carnes e defumações, técnicas francesas, cozinha molecular e panificação, até se sentir preparado para abrir o próprio negócio. Hoje é dono de uma hamburgueria em Curitiba e já tem data marcada para abrir seu próximo restaurante. Para ele, retornar à cozinha do MasterChef - A Revanche será uma oportunidade de se colocar de vez no mundo da gastronomia e se reafirmar como cozinheiro profissional.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Você está ansioso para o nascimento do filho de Marília Mendonça?

Obrigado! Seu voto foi enviado.